Páginas

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Um morto e dois feridos em poço de petróleo explorado com 'fracking' nos EUA

Um funcionário da empresa Halliburton morreu em um acidente em um poço de exploração de gás e petróleo por meio da técnica de fratura hidráulica (fracking) no estado do Colorado, oeste dos Estados Unidos.
O acidente também deixou dois funcionários gravemente feridos.
"No momento, sabemos que um duto de água de alta pressão se rompeu, o que provocou os feridos e um morto", afirmou a polícia do condado de Weld em um comunicado.
A causa da ruptura está sendo investigada.
A Halliburton lamentou a morte de um funcionário em um comunicado e informou a suspensão das atividades na área. Também destacou que coopera com as autoridades.
O poço em que ocorreu o acidente fica em Fort Lupton e é explorado pelo grupo Anadarko, para o qual a Halliburton trabalha como terceirizada.
A técnica de "fracking", ou fratura hidráulica, consiste em injetar água com alta pressão para fraturar rochas porosas localizadas a profundidades de entre 1.500 e 2.400 metros.
A utilização da técnica é muito criticada pelos ecologistas por obrigar o uso de gigantescas quantidades de água e pelos efeitos que pode provocar no meio ambiente. Os cientistas do Centro Geológico dos Estados Unidos apontam que sua aplicação aumentou o número de terremotos em áreas do Colorado e do Novo México.