Páginas

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Bill Gates apresenta máquina que transforma dejetos em água potável e energia

Algo que algum dia parecia longe de acontecer se faz cada vez mais presente no planeta: a possível falta de água potável. Por conta desta incerteza, cientistas buscam formas alternativas de produzir este bem essencial. A mais nova invenção, apresentada pelo magnata e filantropo Bill Gates nesta semana, é uma máquina que transforma dejetos humanos em água e, de quebra, ainda gera energia. O projeto é financiado pela Fundação Bill & Melinda Gates e sobrou para o próprio empresário provar o resultado da “engenhoca”.

O experimento foi apresentado por Gates em um vídeo disponibilizado em um canal que mantém na internet. De acordo com os dados divulgados pelos criadores da “Janicki Bioenergy Omnipocessor”, como foi batizada, a máquina tem capacidade de criar 86 mil litros de água por dia a partir de dejetos de 100 mil pessoas. Essa transformação é realizada por meio da extração do vapor de água de dejetos recolhidos do esgoto.

Como consequência deste processo, ainda são gerados cerca de 250 quilowatts (kw) de eletricidade. Ou seja, o invento é capaz de unir duas demandas existentes na sociedade e produzi-las de forma alternativa.

Para provar que a máquina é, sim, capaz de produzir água potável, Gates aparece no vídeo fazendo a degustação do resultado do processo. Com o aparente sucesso, a invenção será levada para a cidade de Dakar, no Senegal, a fim de proporcionar água pura à popula
ção local.

Assista ao vídeo de Gates e a máquina que promete criar água potável por meio de dejetos:


Fonte: ABRAPCH